Cliente Riversides Shikki Madero é tratado assim…

Por Joséli Costa Jantsch Ribeiro

Diz a propaganda que “a vida é feita de decisões e que a cada momento fazemos opções que nos levam a um novo caminho….E, que o Riversides tem o privilégio de ser a escolha de centenas de pessoas.”

A rede inaugurada em 1992 sempre presou desde sua fundação por oferecer uma gastronomia diversificada e excelente. Entretanto, seu mais novo empreendimento, localizado na Zona Sul de Porto Alegre, O Riversides Shikki Barbecue & Asian Bistro, parece não estar muito empenhado em manter o padrão de qualidade, sofisticação e elegância dos outros empreendimentos da rede.

Desde sua inauguração, o Shikki vem lutando com problemas de atendimento, garçons mal treinados e a alta rotatividade da equipe são apenas alguns dos problemas do restaurante. Sou frequentadora regular do estabelecimento, mais na parte de Sushi confesso, no feriado do dia das crianças, fomos com um grupo de amigos jantar no Shikki…

Devo dizer, que naquela oportunidade, o atendimento se esmerou na arte de ser ruim, chegamos e fomos rapidamente estacionados em uma mesa, o garçom pegou os pedidos e mais de 30 min. depois as primeiras bebidas foram servidas e isto foi só o começo da saga que se fez mais ou menos assim:

1) As bebidas demoraram para ser servidas e ao final foram cobradas em duplicidade, fato este acontecido não somente naquele dia, mas também com outras pessoas com quem falei.

2) Como se não fosse suficiente o problema de termos que implorar para os sushimen cortarem sashimis, eles o fazem de extrema má vontade e em quantidade insuficiente. E, naquele dia, ainda por cima o salmão estava congelado e um dos sushimen estava trabalhando como dedo cortado! (Fiquei sabendo que um dos meus vizinhos passou 3 dias com infecção intestinal, após fazer uma refeição no Madero).

3) Assim, que sentamos pedimos 7 Temakis, jantamos e duas horas depois os Temakis ainda não tinham sido servidos, procurei o gerente e qual foi a resposta: Desculpe, mas estamos com problemas com os Temakis, mas aqui está um pires de Monte Fuji (uma cópia bem mal feita do Sashiburi, por sinal)…Hahaha, imagine a cena, um pires de Monte Fuji para 7 pessoas que ordenaram 7 Temakis e que mal conseguiram comer um pouco de sashimi. Fala Sério?Sem noção!

Se continuarem assim, o restaurante vai rapidinho deixar de ser uma extensão de nossas casas e passaremos a fazer nossos momentos em outros lugares, afinal não há custo-benefício que justifique este tipo de atendimento!

Exame Nacional da OAB: Uma triste conclusão!

Por Joséli Costa Jantsch Ribeiro

Recentemente, nós advogados, recebemos a notícia de que mais de 88% dos bacharelandos e bacharéis de direito que se inscreveram no Exame Nacional da OAB foram reprovados. O número, para aqueles que acompanham o Exame não surpeendeu, pois na edição anterior mais de 90% dos candidatos haviam sido reprovados.

A OAB em nota oficial manifestou-se dizendo que tais resultados somente vem a comprovar um fato público e notório: a péssima qualidade do ensino jurídico em nosso país.  A primeira medida tomada pela OAB nacional, através de seu presidente Ophir Cavalcante, para mudar esta situação, foi a de elaborar uma lista dos cursos que não tiveram nenhum candidato aprovado e apresentá-la ao MEC, pedindo que esta entidade passe a supervisionar de perto tais instituições, de forma que estas passem a cumprir metas estabelecidas pelo Ministério, para que no futuro próximo não venham a ter as vagas ofertadas reduzidas, seus cursos suspensos ou, até mesmo, fechados. O presidente, ainda, sugeriu que  o Conselho Nacional de Educação seja mais rigoroso na aprovação de abertura ou expansão dos Cursos Superiores de Direito.

Segundo ele, devido ao fato de se ter a cada ano novas vagas aprovadas e novos cursos autorizados, muitos desses com vestibulares que não exigem tanto quanto os de antigamente e ainda outros que nem mesmo exigem que seus alunos façam vestibular, a realização do Exame Nacional da OAB é cada vez mais necessária!

O MEC, em rápida resposta aos anseios da OAB, nesta quinta-feira, publicou no D.O.U a suspensão de cerca de 11 mil vagas de 136 cursos de direito que tiveram resultados insatisfatórios em avaliações posteriores e que  obtiveram Conceito Preliminar de Curso (CPC) 1 ou 2 em 2009, um dos indicadores da qualidade do ensino elaborado a partir das notas obtidas no ENADE, da titulação e do regime de trabalho do corpo docente e também da infraestrutura dos cursos.

A OAB, no esteio do MEC, nesta sexta-feira anunciou também o lançamento do seu Selo de Qualidade, o Selo OAB, que tem por objetivo  levar à sociedade uma referência confiável e organizada sobre as instituições de ensino que se mostram compromissadas com a oferta de um ensino em Direito sério e de qualidade. O Selo não é um ranking, mas sim uma publicação que reunirá o nome das instituições que apresentam resultados satisfatórios de qualidade no ensino do Direito e será o resultado do cruzamento dos resultados obtidos no último ENADE e daqueles obtidos no último Exame da OAB.

Faço votos que todas estas medidas venham a a dar frutos rapidamente afim de mudar a triste realidade atual! Qual seja esta, a de fecharmos os olhos para o real problema: no Brasil não precisamos de mais cursos superiores de Direito, mas sim cursos de qualidade, com vestibulares que realmente avaliem os estudantes e instituições que não somente visem o lucro fácil obtido através de seus cursos.

O problema maior da reprovação dos alunos, não perpassa somente pelos cursos de direito de baixa qualidade, deve também ser analisado do nível de estudo anterior. Afinal, como queremos que um estudante de direito passe na prova da Ordem, se este sai do colégio sem nem mesmo saber ler ou interpretar um texto?!?Não tirando a culpa dos cursos de direito, mas o problema começa muito antes, nos bancos escolares onde, atualmente, não se vê mais os estudantes despreparados sendo reprovados!

(Gostaria muito de saber, quantos dos estudantes que passaram no Exame da OAB são egressos de Escola de Ensino Médio Públicas, de Escolas Privadas e ainda quantos destes entraram nas Universidades Federais através do Programa de Cotas. E, o mais importante, quantos dos novos advogados fizeram cursos preparatórios e quantos exames eles prestaram).

Enquanto a Educação neste país não for levada a sério, nada temos a fazer senão continuarmos criando medidas paliativas e emergenciais de saneamento educacional, esta é a triste conclusão!

Sacolas Plásticas: da Vilania à Expiação.

Por Joséli Costa Jantsch Ribeiro

Em se tratando de Sustentabilidade ambiental a bola da vez é, sem sombra de dúvida, a utilização das sacolas plásticas.Seriam elas as reais vilãs do século?Esta é a pergunta que não quer calar.

Muito embora, alguns países economicamente desenvolvidos e também alguns estados brasileiros (Minas Gerais, São Paulo e Paraná) tenham proibido o acondicionamento de produtos em sacolas plásticas.Hoje sua culpabilidade já não é mais um ponto pacífico entre os estudiosos.

A bem da verdade, não há no mercado uma alternativa de substuituição à altura de nossas “vilãs”. Muitas das soluções ecologicamente corretas, como por exemplo sacos de papel ou as sacolas oxibiodegradáveis, tem se mostrado tão ou mais prejuciais ao ambiente do que suas antecessoras.

Na equação composta por consumidores, comerciantes e fabricantes de sacos de lixo, quem sai perdendo claramente é o consumidor. Aliás, somente os dois últimos  seriam os beneficiados pela substituição das sacolas plásticas, o varejo além de economizar quase R$ 200 milhões anuais ainda lucrará com a venda de sacolas retornáveis; e, os fabricantes de sacos de lixo, por sua vez, ficariam rindo sozinhos, já que o consumidor arcaria com um custo mensal de pelo menos R$17 reais (valor de um pacote de 40 unidades de sacos de lixo resistentes e de 15 litros).

E mais, o consumidor além de ser economicamente onerado ao comprar os substitutos das sacolinhas, ainda teria que comprar produtos destinados à limpeza e à manutenção das sacolas de algodão, isto tudo sem contar o tempo gasto na escolha do melhor e mais viável saco de lixo. Se, você leitor pensa que é fácil escolhê-los, fica aqui o convite, vá ao supermercado e veja quanto tempo se gasta escolhendo a cor, a marca, a quantidade e o preço. Sim, porque neste caso, as vezes o barato sai caro!

Levando-se em conta tudo isto, tem-se que os verdadeiros vilões são primeiramente as pessoas, que seja por falta de educação ou por preguiça, ainda não reutilizam ou descartam adequadamente as sacolas plásticas.E, claro, a indústria por trás disto, os fabricantes de sacos de lixo e, por quê não colocar nesta conta, os  fabricantes de produtos de limpeza?!?

As sacolinhas plásticas, coitadas, nada mais são do que o bode expiatório nesta questão!

Atendimento T.H.O.S. não é 10 é 1000!

Por Joséli Costa Jantsch Ribeiro

Em dezembro do ano passado, ganhei do meu maridão um IPad e assim que ele chegou em casa comecei a procurar por uma Case para ele. Não queria algo comum, portanto comecei a pesquisar nos sites americanos e na própria Apple que, infelizmente, apesar de ter o produto que escolhi (uma Case de couro vermelha que vira uma bolsa) não enviava o produto para o Brasil e a Apple daqui ainda não havia recebido o produto.

Depois de alguns dias de pesquisa, consegui achar o site do fabricante e, para minha surpresa, eles não só faziam vendas pelo site, mas também entregavam no Brasil…Após trocar alguns e-mails com a fabricante do produto (sim a Case é fabricada artesanalmente), optei por um certo modelo, entrei no site fiz a compra, paguei a vista com cartão de crédito o valor do produto, mais o do frete (U$179).

Assim que a compra foi confirmada, recebi uma notificação da fábrica dizendo que assim que ela fosse postada receberia o Número de Rastreio, tudo belezinha até aí….Passou uma semana e nada, dei mais um tempo já que era época de Natal e Ano Novo e sempre as entregas, neste período costumam atrasar…No começo de janeiro recebi um e-mail, onde a fabricante pedia mil desculpas, mas infelizmente o modelo de Case escolhido por mim, devido as vendas na Apple, estava esgotado em seu estoque e que só haveria a possibilidade de me entregar o produto em dois meses…Ela dizia ainda, que sabia que era muito tempo de espera, então se eu aceitasse a troca do produto escolhido por outro mais completo e obviamente mais caro, ela me enviaria naquele instante o produto…

Escrevi para ela perguntando qual seria a diferença de custos, prontamente ela me respondeu dizendo que o produto custava U$50 a mais, mas que não me preocupasse, pois como o erro havia sido da loja ela não me cobraria a diferença.

No começo de março, recebi a minha Case (ficou retida quase um mês na Receita Federal), fui ao correio paguei os impostos e qual não foi a minha surpresa, quando ao abrir o pacote havia uma carta de desculpas, que dizia que devido a todos os problemas e atrasos sofridos, a empresa decidira não me cobrar pelo produto e nem pelo frete.

Como se vê, nos USA a máxima “o Cliente sempre tem razão” ainda é válida e eles presam muito as relações comerciais, ao contrário do que acontece no Brasil. Onde, em alguns casos, ficamos esperando durante meses nossas encomendas e quando elas chegam erradas temos ainda que arcar com o segundo frete (de devolução), para só assim talvez termos estornado os valores pagos pelo produto, um verdadeiro absurdo!

Enquanto comerciantes americanos arcam com suas responsabilidades, os brasileiros não assumem simplesmente nenhum risco!

Parabéns T.H.O.S. pelo excelente tratamento dispensado ao cliente!

Comprar da Ana Beauty é assim…Não seja enganado…Desfecho…

Por Joséli Costa Jantsch Ribeiro

Quando já havia dado por encerrado este capítulo, não é que chega a resposta da lojista sobre a troca solicitada por mim:

“Em 13/05/2011 00:22, pedidos escreveu:

Oi Joseli

Me envie o produto que deseja devolver para….(anteriormente havia postado o endereço divulgado na caixa entregue pelo correio, cf. requerido em recente e-mail decidi retirá-lo: ‘Joséli Retire o endereço de nosso escritório de seu site . isso não é correto quer continuar dando sua opinião sem problemas mais não forneça nosso endereço, isso nos deixa vulnerável a roubos, sequestros colocando os funcionários e a família da Ana Beauty em risco Sem Mais M.”)

Sinceramente, não sei se ria ou chorava com tal resposta, imagina se iria ser trouxa de enviar o produto de volta só na boa-fé acreditando que ela iria depositar o dinheiro na minha conta, dinheiro este que já estava com ela há 4 meses.

Então, no dia 16 de maio respondi:

—–Mensagem original—–

De: Joséli Jantsch [mailto:jantsch@terra.com.br]

Enviada em: segunda-feira, 16 de maio de 2011 20:51

Para: PEDIDOS

Assunto: Re: Encomendas erradas Entregues

Ana, olha só quando fiz a encomenda com vc, vc exigiu o pagamento integral da encomenda e quando está chegou para ser entregue vc me cobrou mais 2 reais e o frete..Portanto, o certo aqui seria que vc me devolve-se o $$ do produto R$48,00 e o frete, antes que eu te envie o produto!!!Assim como fiz com você, afinal confiança é uma via de mão dupla. O que nas minha contas seria 48 + 14, 50 = 62,50. E, isso que nem estou colocando no cálculo o tempo que vou perder indo ao correio e deixando meu trabalho de lado e nem o fato de ficar sem o produto que tanto queria! Acho que está na hora de vc assumir algum risco, não é mesmo? Joséli Costa Jantsch

Resposta final da lojista, em 21/05/2011: “Assim que o produto chegar será devolvido o dinheiro e o frete.”

Minha promessa final a ela: “Infelizmente para mim então será a última compra na sua loja, não posso simplesmente mandar o produto de volta sem nenhuma garantia de sua parte..O Interessante é que vc sempre quer tirar vantagem, exige que façamos o pagamento quando da encomenda, 98% dele ao menos, mas quando chega a sua vez de confiar é zero…bem que outras pessoas me alertaram que vc agia assim, mas quis dar um voto de confiança…Vou ficar com este prejuízo, para assim aprender a não comprar com amadores que nem mesmo conseguem cumprir prazos de entrega e entregar um produto corretamente.
E, se depender de mim, nenhuma das pessoas que conheço comprará do seu site!”

Então queridos leitores, fica aqui o aviso, se você quiser produtos da MAC, pense bem, não empenhe seu suado dinheirinho na Ana Beauty, vá a uma loja da MAC, pague um pouco mais, parcele no cartão de crédito e saia com o seu produto no mesmo dia, ainda estes produtos são achados em diversas outras lojas virtuais mais confiáveis (Sack’s, apenas 1 real mais caro e parcelado, p.ex). E, se você não tem pressa, procure por eles no Ebay, garanto que você vai pagar bem mais barato e receber corretamente e no prazo…Sem maiores problemas com trocas e sem a necessidade de receber em um mesmo dia mais de 10 e-mails com ameaças de processos por difamação e bullying virtual! Sim, fui ameaçada por ter postado um fato ocorrido (do qual tenho todas as provas e mais depoimentos de outras pessoas que passaram pelo mesmo problema ou por problemas semelhantes) e por ter dado a minha opinião sobre o atendimento de lojas…Que eu saiba o AI-5 acabou faz tempo, ou será que foi reeditado e não fui avisada, contar fatos e fazer sugestões não é crime, é simplesmente a realidade!

Eu, como consumidora e boa pagadora que sou, não mereço de modo algum ser tratada desta maneira. Gosto de comprar, pagar, receber no prazo e corretamente!

P.S.: Aqui fica mais uma sugestão, acho que a loja em questão deveria pagar um cursinho de português para seus funcionários, pois escrever você com Ç é para matar!

Homeopatia e outras Terapias Integrativas de Saúde – O Caminho da Libertação

Por Joséli Costa Jantsch Ribeiro

De tempos em tempos, a sociedade médica alopata vem a público tentar, em vão, desmoralizar os tratamentos integrativos de sáude.

A bola da vez é a Homeopatia, hoje os tais médicos em questão, apoiados sem dúvida nenhuma pela grandes indústrias farmacêuticas, que a cada dia que passa encontram-se mais desacreditadas, estão a divulgar o Movimento “1023 – Homeopathy There’s is nothing in it”, que se baseia tão somente em um ato desesperado de pessoas que não tem segurança suficiente nas suas próprias práticas convencionais de cura e, portanto, precisam desesperadamente desconstituir as técnicas integrativas de cura.

O grupo de ativistas anti-homeopatia, se reunirá para tomar uma “overdose” de medicamentos homeopáticos, numa tentativa, ao meu ver um tanto infantil, de provar que os tratamentos homeopáticos não funcionam. O objetivos deste grupo de pessoas é denunciar o desperdício de tempo e dinheiro com remédios que, segundo o seu ponto de vista deturpado, não passam de água com açúcar (só neste quesito, já demonstram a sua total ignorância sobre o tema, já que a homeopatia não se baseia somente em glóbulos). Será que alguém já disse para eles que a homeopatia, assim como a alopatia, deve ser prescrita por alguém (médico homeopata) competente parar isto. Afinal, se tomarmos um “antibiótico (e nem precisa ser uma overdose) não indicado para o tratamento de uma infecção específica, ele também não funcionará. Qualquer tratamento, só irá funcionar, se obedecer a uma prescrição correta para o caso concreto. Então, doutores, por favor, não percam seu precioso tempo, provando teorias por meios escusos e sem sentido.

A prática da homeopatia é antiga e há mais de 30 anos é reconhecida pelo Conselho Federal de Medicina e pela Associação Médica Brasileira. Os céticos tem como único argumento que alguns estudos “científicos” comprovam que tais medicamentos não funcionam, bem esta que vos fala afirma com toda certeza que muitos dos tratamentos alopáticos, tão incensados pelos médicos, também não funcionam e, nem por isto, sai por aí fazendo campanha contra a medicina tradicional.

O mais correto, ao analisarmos este quadro, seria a busca de um caminho do meio, onde pacientes possam fazer uso da medicina tradicional e das Terapias Integrativas de Saúde como tratamento complementar e preventivo de  manifestações patológicas. O caminho do meio, na filosofia, é aquele caminho através do qual  o ser humano de liberta!

Muito embora, alguns dos ditos expoentes da classe médica, insistam na teoria que os medicamentos homeopáticos não funcionam, eu sou a prova viva que eles funcionam e muito bem. Desde os três anos sofria crises severas de amigdalite, que prontamente eram tratadas com antibióticos, a cada crise, mais potentes…Aos 15 anos, resolvi tentar fazer uso de homeopatia, para prevenir tais crises (3 por ano) e, desde então, só me lembro de ter tido mais 2 crises…Hoje, nem sei mais o que é dor de garganta…

Desde os 17 anos, sofria de dores constantes na articulação do joelho, fui a vários médicos renomados que sempre me deram como alternativas, remédios antiinflamatórios e até mesmo me sugeriram cirurgia. Como conheço algumas pessoas que sim, pasmem, foram vítimas de cirurgias mal feitas de joelho (aliás este fato é bem mais comum do que se imagina). Optei, até o ano passado, por viver com a minha dor e com um diagnóstico de “probleminha” no ligamento cruzado que se revelou errado.

O que sempre tive no joelho foi Condromalácia Patelar, que graças aos dignósticos errados daqueles médicos renomados, nestes quase 20 anos evoluiu de forma bastante acelerada. Meu atual ortopedista, sugeriu então que eu fizesse sessões de fisioterapia e que tomasse um condroprotetor (caríssimo) por pelo menos 8 meses…Perguntei a ele se não havia outra alternativa de tratamento e foi então que ele me sugeriu que buscasse a fitoterapia ou a homeopatia. Hoje, após um ano de tratamento com a homeopatia, voltei a correr e já não sinto mais as dores que antes eu sentia. Claro que, aliei à homeopatia 2 sessões semanais de Pilates.

Além dos tratamentos bem sucedidos para as inflações de garganta e dores no joelho, consegui me ver livre do uso de anti-histamínicos para Rinite Alérgica, hoje totalmente controlada através da homeopatia e do uso de Terapia Floral. E, também, já não sofro mais de crises de enxaqueca e tão pouco de cólicas menstruais. Estou muito feliz com a opção que fiz de aliar a medicina tradicional ( hoje somente usada em situações realmente necessárias) com os Terapias Integrativas de Saúde (que me mantem longe do uso contínuo de antiinflamatorios, anti-histamínicos e antibióticos).

Graças à prevenção proporcionada através da homeopatia e da Terapia Floral, nas raras vezes que precisei fazer uso de antibióticos (2 vezes nos últimos 10 anos), não precisei comprar os chamados Top de Linha, pois os mais básicos voltaram a dar conta do recado.

Assim como eu, outras pessoas de meu círculo profissional seriam plenamente aptas a dar seus relatos de sucesso com o uso da homeopatia aliada a medicina tradicional. Entretanto, apesar dos inúmeros depoimentos existentes neste sentido e apesar de tanto a Homeopatia como as outras Terapaias Integrativas de Saúde (entre eles a Terapia floral) serem recomendados pela Organização Mundial de saúde; seus críticos, em um último suspiro de desespero afirmam que o uso de tais tratamentos diminui a confiança do público na medicina tradicional, fazendo com que pacientes com doenças graves não procurem tratamento médico, conforme as palavras de Drauzio Varella: “Não conheço médicos que já não tenham atendido doentes seriamente prejudicados por práticas alternativas”, numa demonstração clara de total ignorância.

Ora, assim como ele conhece médicos que trataram pacientes advindos de tratamentos integrativos sem sucesso , conheço muitos médicos homeopatas e praticantes credenciados de terapias integrativas de saúde, que já trataram inúmeros pacientes mal diagnosticados e também vítimas de erros médicos, tratados por médicos adeptos da medicina tradicional. Então, por favor, nem tanto ao mar, nem tanto a terra, pois em todas as profissões encontramos charlatões e pessoas despreparadas.

Para aqueles que pesquisam a fundo o tema, que fazem uso da homeopatia e das terapias integrativas de saúde, associados aos tratamentos convencionais, fica evidente que a recusa pela procura destes últimos encontra-se ligada ao fanatismo de alguns médicos praticantes da homeopatia, que pregam a não necessidade e o abandono total da medicina tradicional. E, além disto, a já descrença da população, que encontra-se cansada de tomar remédios (ratos de laboratório modernos) desnecessariamente ou que não apresentem os resultados esperados.

Como usuária e Terapeuta Floral, afirmo que  as Terapias Integrativas de Saúde  associadas à medicina tradicional, tem-se revelado muito eficazes, reduzindo enormemente o tempo de tratamento de algumas enfermidades e também prevenindo muitas delas. Ou seja, ao meu ver seu uso e sua prática, em última análise, se bem empregadas em um longo espaço de tempo, não representariam um gasto aos cofres públicos, mas sim uma economia substancial! Fato este, que claro, não seria interessante nem à indústria farmacêutica alopática (que deixaria de ganhar milhões) e nem àqueles profissionais da saúde, que em vez de se ocuparem da prevenção de doenças, só querem saber de encher seus consultórios de pacientes, para somente tratar do sintomas, sem nem se dar o trabalho de pesquisar as causas, por trás da enfermidade!

Enquanto a sociedade, como um todo, não exigir profissionais de saúde aptos à analise das causas e não tão somente das consequências, continuaremos reféns deste fabuloso “Capitalismo Médico e Farmacêutico”! Abram os olhos, enquanto é tempo, digam não aos movimentos que buscam limitar seu direito de escolha, que nada mais são do que limitadores da Democracia!

A prevenção é sempre a melhor opção!!!E, o Caminho do Meio, é o Caminho da Libertação!!!

Falando sobre Sucos…3

Por Joséli Costa Jantsch Ribeiro

Suco do dia: 1/2 maçã Fuji, 1 fatia de melão amarelo e 1 ameixa preta.

Maçã: já diziam os antigos “uma maçã por dia mantém o médico longe de nós”. Por que? Ela é rica em fibras (cada 150g contém 10% da quantidade diária necessária de fibras), flavonoides, fenóis e frutose. Suas fibras (Pectina) são aliadas poderosas no combate ao colesterol (2 maçãs diárias), reduzindo assim a arteriosclerose e o risco de  enfartes; contribuem  para o bom funcionamento intestinal (através do nivelamento da quantidade de água nas fezes), prevenindo assim a prisão de ventre e a diarreia;  e, ainda, auxiliam no controle da saciedade (dietas de emagrecimento) e na captação e eliminação de metais pesados (Chumbo e Mercúrio: eliminados pelas fezes).

Os flavonoides são os antioxidantes (100g com casca) responsáveis pela eliminação dos radicais livres, eles previnem possíveis danos ao DNA. Eles ainda auxiliam na prevenção do cancro, das doenças coronárias (eliminação do mau colesterol) e na atenuação da degeneração óssea durante a menopausa. A capacidade antioxidante de uma maçã corresponde a capacidade antioxidante da ingestão de 1500mg de Vitamina C, sendo que a quantidade de Vitamina C encontrada na maçã reforça o sistema imunológico, auxilia na cicatrização dos tecidos e previne o envelhecimento precoce.

Sua casca contem altas concentração de fenóis, antioxidantes especiais que atuam na prevenção de doenças crônicas da pele (herpes e eczemas) e ajudam a pele a se proteger dos raios UV.

A frutose ajuda a manter a estabilidade dos níveis de açúcar no sangue, pois é um açúcar de assimilação lenta.

Ainda, limpa os dentes(combate o mau hálito)  e fortalece as gengivas; equilibra o Ácido Úrico, impedindo a formação de cálculos nos rins e na vesícula; melhora o desempenho do aparelho respiratório (pulmões, garganta, cordas vocais, rinite), prevenindo alergias; acalma, proporcionando um sono relaxante. Previne ainda, o reumatismo, a gota, a artrite e as dores do nervo ciático.

Ela é uma excelente fonte de minerais: Cálcio, Enxofre, Ferro, Magnésio, Fósforo, Potássio, Sódio, Zinco, Cobre, Manganês e Flúor. De Vitaminas: C, Complexo B, Folatos, Colina, Betaína, A, Retinol, E (Alfa tocoferol) e K. De Aminoácidos: Triptofano, Treonina, Isoleucina, Leucina, Lisina, Metionina, Cistina, Fenilalanima, Tirosina, Valina, Arginina, Histidina, Alanina, Ácido Aspártico, Ácido Glutâmico, Glicina, Prolina e Serina. E, de: Betacaroteno, Beta-Criptoxantina e Luteína+Zeaxantina.

Melão Amarelo: rico em Minerais (Cálcio, Fósforo, Ferro, Cobre, Enxofre e Potássio), Vitaminas (A, C, E e Complexo B), Papaína (enzima decompositora de proteínas), betacarotenos (Pró vitamina A), Ácido Fólico, glicosídeos, mucilagens, fibras (Pectina), Glicose, Bioflavonoides (sistema circulatório e imunológico), dentre outros.

Propriedades: Anti-inflamatória, Diurética, laxante, emoliente, eupéptica, mineralizante, calmante, tenífuga.

Indicações: Artrite, Reumatismo, Gota, colite, afecções renais e hepáticas, Obesidade, Hemorragias (coagulação sanguínea), controle do colesterol no sangue e doenças cardíacas, prisão de ventre, leucorreia, descalcificação óssea (desacelera o processo), anemias, cansaço físico e mental, ressecamento da pele, endometriose (limpa o útero e faz os miomas diminuírem), regularização do ciclo menstrual, acidose e uretrite.

Ameixa Preta: rica em Fibras (Pectina), Proteínas, Lipídios, Carboidratos, Minerais (Ferro, Cálcio, Fósforo, Magnésio, Sódio, Zinco, Cobre, Manganês, Fluoreto e Potássio), Sorbitol (Açúcar), Fenóis (Ac. Neoclorogênico e Ac. Clorogênico – Antioxidantes), Aminoácidos (Triptofano, Treonina, Isoleucina, Leucina, Lisina, Metionina, Cistina, Fenilalanina, Tirosina, Valina, Arginina, Histidina, Alanina, Ac. Aspártico, Ác. Glutâmico, Glicina, Prolina e Serina), Beta-Caroteno, Beta—Criptoxantina, Luteína+Zeaxantina e Vitaminas (A, Complexo B, C, Ac. Pantotênico, Folatos, Colina, E e K).

Propriedades: laxativa, diurética, desintoxicante, fortalecedora do cérebro, tônica e depurativa.

Indicações: Prisão de ventre, Afecções associadas a Hiperlipidemias/Ácido Úrico (Reumatismo, Artrite e Gota), Arteriosclerose, Nefrite, Anginas, Catarros, hemorróidas, Afecções inflamatórias do sistema Urinário, Afecções do trato digestivo (Fígado, Estômago e Intestinos), Bronquite, Perda de Memória, Pelagra, Anemia Ferropriva, Tosse e Resfriados.

Amanhã: Acerola, Uva, ou Abacaxi…E, ainda, Cranberry e Hortelã.

Entradas Mais Antigas Anteriores

%d blogueiros gostam disto: