Planejando a Viagem

Por Joséli Costa Jantsch Ribeiro

Bem, primeiro de tudo, planeje muito bem a sua viagem, pesquise a melhor época do ano para visitar a cidade.

Vancouver é uma cidade que deve ser explorada a pé ou, no máximo, com a utilização dos meios de transporte locais (Skytrain e ônibus), eles funcionam muito bem (sempre no horário) e não há presença de violência! Mas, para obter o máximo de sua viagem, evite a época de chuva, que começa logo após o término do verão (final de setembro), dizem os locais que o outono todo é chuvoso!

Caso você possua um visto americano, pegue um voo com escala nos USA e que se dirija diretamente à Vancouver (a parte internacional do YVR é muito bonita e rende fotos interessantes, fora o fato que a viagem fica bem mais curta). Claro que não fizemos isto, como não tínhamos o visto americano, fizemos um voo de Porto Alegre/RS a São Paulo/SP, de São Paulo/SP a Toronto/CAN (leve dinheiro para pagar pelos carrinhos de bagagem, pois não há como despachar a bagagem diretamente para Vancouver) e de Toronto/CAN a Vancouver/CAN (nos voos locais eles não servem bebidas, a alimentação é paga à parte).

Caso possa, invista um pouco mais de seus recursos na escolha do hotel, pois após um dia de caminhadas longas (5 a 10 km por dia), você com certeza precisará de um bom banho e uma caminha gostosa, nós ficamos no Sunset Inn & Suites e valeu cada centavo. A localização do hotel é importante, selecione um que fique no centro de Vancouver, assim você poderá se deslocar para todas as atrações com facilidade.

Dizem as agências de turismo que para se visitar Vancouver 4 dias são suficientes, mas isto não é verdade, passamos 13 dias lá e não conseguimos ver tudo, já estamos planejando o nosso retorno,rsrsrs, pois atrações importantes ficaram para trás. Reserve pelo menos 4 dias extras para visitar Victoria (capital) e as montanhas (Grouse Mountain, Capilano e Whistler).

Antes de viajar, faça um estudo detalhado da cidade e de suas atrações, organize um cronograma de visitas e não se esqueça, separe de 1 a 2 dias para visitar o Stanley Park e todas as suas atrações e pelo menos 1/2 turno para cada parque restante, caso contrário você vai pagar caro a entrada e não vai aproveitar!

Prepare o bolso com antecedência, pois Vancouver não é uma cidade barata e todas as atrações são pagas, menos a visita ao Stanley Park e aos Shoppings! Ah, antes de comprar lembrancinhas, pesquise bastante, os preços melhores estão em Gastown, onde as lojas de souvenirs são enormes!

Leve uma mala extra, mas cuidado, você só pode despachar 2 malas de até 32 kg e levar dentro do avião, uma mochila ou mala para notebook e uma mala de mão de até 10kg (se for mulher ainda pode levar uma bolsa). Quase ia me esquecendo, apesar destas serem as normas internacionais, tivemos que despachar nossas malas de mão no Brasil, pois aqui vigora que elas só podem ter até 5 kg e nem sempre  a atendente entende que você está fazendo uma conexão internacional. Isto vale também para a volta, fique atento não deixe eles te cobrarem por excesso de bagagem (o voo de conexão deve ser feito no mesmo dia)!

Por fim, quanto aos Free Shops do aeroportos, não deixe de comprar o que você quiser em Vancouver para comprar no Free Shop, os preços no Aeroporto de Toronto são muito maiores e, dependendo da hora de chegada do voo em São Paulo, você não encontrará mais nada disponível!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: