Resenha: Linha Kiehl’s Sunflower Color Preserving

Por Joséli Costa Jantsch Ribeiro

Contrariando as expectativas de alguns de meus queridos leitores, que estavam esperando um artigo sobre a posse de Dilma, hoje falarei sobre uma linha de produtos capilares especialmente formulada para cabelos coloridos: a Linha Kiehl’s de Girassol para Preservação da Cor, que pode ser encontrada na Sack’s.

A linha é composta por três produtos: um shampoo e um condicionador, ambos de uso diário, e uma máscara de tratamento intensivo, para ser utilizada de 1 a 2 vezes por semana.

O Shampoo é formulado, conforme as informações do fabricante, sem parabenos, silicones ou sulfatos, medidas estas que prometem ajudar na preservação da cor através de uma lavagem suave que não retira os pigmentos dos fios. A fórmula ainda é enriquecida com óleo de semente de girassol, conhecido por conter altos níveis de Vitamina E e ácidos graxos essenciais, combinado com óleo da amêndoa do damasco e uma mistura de vitaminas B3, B5 e B6 e é, ainda, complementada por um filtro solar. Tudo isto, para se certificar que o cabelo já maltratado por tinturas e outros processos químicos (como a escova progressiva), seja condicionado adequadamente, sem se tornar pesado ou gorduroso.

Já o condicionador, formulado com os mesmos ingredientes ativos do shampoo e também sem parabenos e silicones, promete proteger a cor, sem deixar o cabelo sem vida e pesado, hidratando intensamente o cabelo enfraquecido por processos químicos. Através de um processo de selagem das cutículas dos fios ele promete manter os cabelos sedosos e brilhantes, impedindo a quebra dos fios e, ainda, promete deixar a estilização mais fácil e rápida.

Por fim, a máscara reconstrutora, sem dúvida, o melhor dos produtos da linha, promete (e cumpre) deixar os cabelos mais saudáveis, brilhantes e radiantes através de um processo reparo-restaurador de condicionamento intenso cria uma barreira protetora que ajuda na preservação da cor e previne os danos causados pelo ambiente (sol, chuva, vento, etc) e pelo uso de equipamentos de estilização (secadores, chapinhas e babyliss).

Ingredientes Ativos e outros:

Óleo da amêndoa do Damasco: possui grandes quantidades de Vitamina E de rápida absorção, é um triglicerídeo composto de 75% de ácido Oleico, 20 % de ácido Linoleico e 5%  ácidos graxos insaturados esterificados com glicerina, similares com o óleo de abacate e de gergelim. Por ser altamente compatível com a pele, ele é utilizado para hidratar e suavizar a pele enquanto ajuda a reter a umidade natural.

Ácido Oleico ou Omega 9: é um ácido graxo insaturado essencial que participa de nosso metabolismo, nos produtos capilares é responsável pela sua  emoliência, saponificação e acidificação.

Ácido Linoleico: não há estudos sobre os seus benefícios em produtos capilares.

Óleo de Semente de Girassol: contem quantidades benéficas de fosfolipídios e altas concentrações de ceramidas, seus agentes fortalecedores e protetores ajudam a nutrir e a condicionar a pele ressecada e estragada. Ainda traz boa quantidade de Vitamina E (alfa-tocoferol). O extrato de girassol é também conhecido por ajudar na recuperação das peles expostas ao sol e às agressões do ambiente, revertendo o processo de envelhecimento.

Fosfolípidos: são os constituintes principais das membranas celulares, sendo responsável pela absorção dos nutrientes lipossolúveis.

Ceramidas: são lipídios que prometem manter a hidratação dos fios de cabelo através da criação de um barreira protetora que impede que os nutrientes saiam dos fios, evitando assim que o cabelo poroso perca a hidratação. O uso contínuo de produtos com ceramidas deixa os cabelos brilhantes, macios e mais fáceis de pentear e, ainda, protege as madeixas coloridas contra o desbotamento.

Vitamina E (Alfa-Tocoferol): é um dos mais poderosos anti-oxidantes conhecidos, prevenindo o dano celular através da inibição da peroxidação lipídica e também a formação de radicais livres. Suas propriedades regeneradoras e rejuvenescedoras são indiscutíveis.

Vitaminas B3, B5 e B6: grupo de vitaminas responsável pelo metabolismo celular e que ajudam a dar mais vida aos cabelos. As Vitaminas do complexo B facilitam o crescimento dos cabelos e inibem o seu envelhecimento.

B3 ou Niacina: ajuda os cabelos a se livrarem de substâncias químicas tóxicas ou nocivas, protege contra danos solares e melhora a circulação do couro cabeludo.

B5 ou Ácido Pantotenico: evita a queda de cabelos.

B6 ou Piridoxina: evita a queda de cabelos e é essencial para o metabolismo dos aminoácidos.

Glicerina: agente umectante, com alto poder de absorção de água.

Pantenol ou Pró-Vitamina B5: álcool utilizado como agente condicionante dos fios, pois causa seu espessamento, também é umectante, emoliente e hidratante. Quando aplicado nos cabelos se transforma na Vitamina B5.

Hidróxido de Sódio ou Soda Cáustica: agente utilizado para aumentar a alcalinidade dos shampoos. Dependendo de sua concentração pode causar desde simples irritações na pele e até mesmo queimaduras.

Ácido Cítrico: agente regulador do PH, torna as formulações mais ácidas.

Ácido Salicílico: agente preventivo da caspa, seborréia e de todas as descamações do couro cabeludo. Produtos que o contém não devem ser utilizados por crianças menores de 6 anos, por mulheres grávidas ou ainda por aquelas em fase de aleitamento materno.

Ethylhecyl Methoxycinnamate: produto acrescentado em shampoos com fator de proteção solar, devido as suas propriedades de absorver, refletir e espalhar os raios UV, protegendo assim os fios das agressões solares e também o próprio produto da deterioração causada pelos raios UV. (Ver posts antigos)

Sodium Methyl Cocoyl Taurate: há pouca informação disponível a respeito desta substância, ele é um sal sódico obtido a partir do ácido graxo da cocoamida de N Methyltaurina, sendo um dos agentes espumantes e surfactantes neutros disponíveis no mercado.

Laureth-5 Carboxylic Acid: agente surfactante e emulsificante de produtos capilares que permite a formação de uma película hidratante e anti-estática nos cabelos. Em altas concentrações pode irritar a pele.

Cocamidopropyl Betaine: agente surfactante (detergente) sintético que melhora a penteabilidade. Dependendo de sua concentração e índice de contaminação por outros produtos pode causar desde uma simples irritação na pele até uma dermatite alérgica de contato.

Sodium Chloride: sal comum, auxilia na viscosidade final do produto.

Sodium Lauroyl Glutamate: sal sódico, agente surfactante responsável pelo condicionamento e conhecido pelas suas propriedades anti-estáticas.

Glycol Distearate: agente emoliente que ajuda na manutenção da hidratação dos fios, pois impede a perda da água. Também é usado para a obtenção da viscosidade final do produto.

Sodium Benzoate: sal utilizado como conservante em produtos ácidos, com PH menor que 3,6, pois mata bactérias, fungos e leveduras.

Propylene Glycol Oleate: Agente condicionante e umectante que auxilia na obtenção da viscosidade final do produto.

Guar Hydroxypropyltrimonium Choride: é a substância que complementa quase todos os produtos para cabelos que usamos, deixando-os hidratantes. Em doses elevadas pode causar problemas respiratórios e distúrbios nervosos.

Carbomer: é um polímero do acrílico utilizado como espessante ou estabilizante de emulsões, previne o crescimento bacteriano e é hipoalergênico, também é o agente responsável por deixar o shampoo rico ao toque.

Cethearyl Alcohol: agente emoliente, estabiliazante e opacificador de emulsões, surfactante e controlador da viscosidade.

Behentrimonium Chloride: potente agente condicionador com propriedades antiestáticas e antibacterianas, capaz de restaurar e reconstruir cabelos danificados.

Stearamidopropyl Dimethylamine: base de condicionadores, rica em lipídios, tem propriedades emulsificantes, surfactantes e antiestáticas.

Caprylyl Glycol: agente condicionante, emoliente e umectante, com alguma propriedade antimicrobiana.

Benzoic Acid:  agente regulador de PH, conservante . Em grandes quantidades, pode causar câncer, problemas no sistema reprodutor e distúrbios nervosos.

Phenoxyethanol: agente conservante que em grandes quantidades pode causar desde simples alergias até câncer.

Hydroxyethylcellulose: agente gelificante e espessante, estabilizante e controlador da viscosidade. Em grandes quantidades pode causar toxicidade no sistema reprodutor e alterações no sistema circulatório e nervoso.

Estou usando os produtos desta linha há 1 mês, comecei a usá-los depois da reaplicação da Selagem Térmica e da Tintura. O shampoo, exige reaplicação, pois na primeira aplicação ele não faz espuma e , para aquelas pessoas que como eu, necessitam de espuma, acaba por deixar uma sensação que não lavou direito. Fazia muito tempo que não utilizava um shampoo que precisasse de reaplicação.

Como tenho cabelos finos, sensíveis e quimicamente tratados, a reaplicação de shampoo, por vezes acaba deixando os cabelos meio ressecados. Após ler alguns artigos a respeito da presença ou não de sal nas formulações, descobri que o importante para as pessoas que como eu fazem Selagem ou Blindagem Térmica ou Progressiva é a quantidade de sal  e não a sua ausência. Meninas, shampoo sem sal não existe, procurem por formulações com pouco sal, de PH ácido e que, infelizmente, contenham Lauril Sulfato de Sódio, pois este é o melhor detergente para quem faz progressiva.

Por tudo isto, vocês que leram os componentes das fórmulas desta linha, já perceberam que estqa não é definitivamente a melhor opção para cabelos progressivados, selados ou blindados. Mas, nem tudo é ruim na linha, ela realmente cumpre o que promete em relação à preservação da cor, mantendo o brilho e a cor por mais tempo, nem parece que já faz um mês que tingi os cabelos!

O condicionador de uso diário é bom, mas exige que antes da secagem/chapinha se use algum produto protetor de calor e de diminuição do frizz, pois ele não protege satisfatoriamente da umidade. Ah, ele é apenas bom e não dispensa o uso semanal de uma máscara de tratamento, a da mesma linha é maravilhosa, sem dúvida o melhor produto dos três. Mas, uma dica, se você tem cabelos finos é melhor usá-la somente uma vez por semana, mais do que isto o cabelo pode ficar meio pesado.

O preço dos produtos do Brasil é bem salgado, quanto ao custo benefício,  shampoo dura de 2 a 3 meses, depende do comprimento do cabelo, o condicionador tem a mesma duração do shampoo e a máscara, esta sim, se usada corretamente, dura muito tempo (valendo a pena o investimento).

Uma vez que não consegui descobrir (entrei em contato com ao fabricante, mas não obtive resposta) qual é o PH do shampoo e , além disso, por ter recentemente descoberto que preciso de um produto que contenha Lauril Sulfato de Sódio e que não contenha Soda Cáustica, provavelmente não repetirei a compra, a não ser que no futuro precise deixar de fazer Selagem!

Nota Final: 6,0

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: