Um sonho que virou pesadelo: TicketMaster do Brasil/Tickets for Fun

Por Joséli Costa Jantsch Ribeiro

Fã que é fã sabe que no dia 16 de março de 2010 estarão se apresentando em Porto Alegre Axl Rose com GNR e Sebastian Bach. Assim que recebi a confirmação sobre as datas dos shows e que um deles ocorreria na minha cidade, esperei, ansiosamente, pelo dia de início das vendas dos ingressos.
Foi  nos dia 18 e 20 de janeiro de 2010 que, eu e mais 7 outras pessoas, compramos os tão almejados ingressos para o show! Fizemos a compra através do cartão de crédito Credicard, já que este possibilitava a compra em pré-venda e com entrega por SEDEX (sem haver outra possibilidade de entrega), se arrependimento matasse, acho que já estaria morta!

Segue abaixo, toda a descrição da via crucis,  com uma pequena sugestão, de reparação,rsrsrs.

DOS FATOS:

O Comprador, F.T.M. comprou da empresa TicketMaster do Brasil/Tickets for Fun, empresas com endereços na Rua Bento de Andrade Filho nº 400 – Vila Almeida – São Paulo/SP – CEP 04757-000 e Av. das Nações Unidas nº 17.955 – Santo Amaro – São Paulo/SP – CEP 04795-900, ambas com inscição no CNPJ nº  02.860.694/0001-62, nos dias 18 e 20 de janeiro de 2010, 8 ingressos para o Show da Banda de Rock Guns n’ Roses a ser realizado no dia 16.03.2010, no Ginásio Gigantinho (local já modificado pela produtora).

Tais compras foram realizadas sob os nºs de transação 100118.802 e 100118.803 100120.1228

Dos ingressos, 2 eram para o setor denominado Cadeiras, no valor de R$ 180,00 (cento e oitenta reais) cada e, os outros 6 eram para o setor denominado Pista no valor de R$ 150,00 (cento e cinquenta reais) cada. Totalizando um total de R$1.260,00 (hum mil e duzentos e sessenta reais).

Além do valor acima citado, o Sr. F.T.M. teve que pagar R$ 272,00 (duzentos e setenta e dois reais) a título de taxa de Conveniência.

Os valores acima citados que totalizam R$ 1.532,00 (hum mil e quinhentos e trinta e dois reais), foram pagos em parcela única através do Cartão de Crédito Credicard Citi, de L. J.J..

Os ingressos em questão, são de propriedade de: F.T.M., J.C.J.R. (filha de L.J.J.), M.B.R., G.C.W., B.B.M., A.B., D.C.e G.H.M. E, que, por terem sido comprados, em promoção de pré-venda para clientes Credicard Citi, quando do momento da compra o Comprador não teve outra opção de escolha de entrega, senão a escolha da entrega via SEDEX.

Na última semana de janeiro, o Comprador ligou para o número 40036464 (Call Center da Tickets for Fun) e após ficar 30 min. esperando pelo atendimento, falou com uma atendente que não soube lhe informar o porquê dos ingressos ainda não terem sido entregues, já que já haviam sido postados.

No dia 03 de fevereiro de 2010, o Sr. L.J.J. enviou um e-mail à Tickets for Fun/TicketMaster do Brasil, com o seguinte conteúdo:

“Bom Dia, no dia 18.01.2010, compramos 7 ingressos para o Show do GNR em POA no dia 16.03.2010, duas cadeiras e cinco pistas, no valor de R$1.332,00, como não recebemos nada, na última semana de janeiro entramos em contato por telefone e o atendente nos disse que os ingressos haviam sido impressos no dia 25.01.2010 e que já haviam sido postados. Até onde eu sei, um Sedex não leva mais de 2 dias para chegar, hoje é dia 03.02.2010, e não recebemos os ingressos. Espero que eles realmente tenham sido impressos e que tenham sido enviados por Sedex, não quero acreditar que tenham sido postados por carta normal, pois obviamente não chegarão ao destino!
Gostaria de uma pronta resposta, uma vez que se não houver uma solução, publicarei tal reclamação em meu blog e procurarei as vias legais e publicitárias cabíveis para que outras pessoas não sejam enganadas!
Muito Obrigada, L.J.J.”

No dia 05 de fevereiro de 2010, a Tickets for Fun, entrou em contato, via e-mail com o Comprador,informando-o que:
“ Devido ao grande sucesso das vendas, todos os pedidos de ingressos para as turnês do Guns n’ Roses, A-Ha e Dream Theater haviam sido processados e que as respectivas entregas teriam início a partir do dia 20.02.2010″. Pediam ainda, que se os ingressos já tivessem sido recebidos, que o e-mail fosse desconsiderado”.

No dia 09 de fevereiro de 2010, o Sr. L.J.J., recebeu um e-mail da Ticketmaster do Brasil com o mesmo conteúdo acima citado.

No dia 25.02.2010, cansada de esperar por um SEDEX que nunca chegava ao seu destino, a Sra.J.C.J.R.  ligou para a Tickets for Fun e após 35 min. de espera foi finalmente atendida, mas a atendente, que lhe pediu mil desculpas, nada poderia fazer por ela, uma vez que o sistema da Tickets for Fun estava fora do ar, ela pediu seu telefone de contato e prometeu que assim que o sistema voltasse ao ar, entraria em contato.

Ainda, no dia 25.02.2010, a Sra. J.C.J.R., enviou um e-mail a TicketMaster do Brasil, reclamando da demora do atendimento e também relatando o problema operacional, pedindo ainda providências em relação a sua reclamação, quanto a não entrega dos ingressos. Tal reclamação foi registrada pelo nº de protocolo 2732.

No dia 27.02.2010, a Sra. J.C.J.R., efetuou novo contato telefônico com a Tickets for Fun e, que após mais 30 min. de espera, foi finalmente atendida e, a atendente lhe garantiu que os seus ingressos haviam sido postados, mas infelizmente por ser sábado,
ela não teria como entrar em contato com os correios para lhe fornecer o número de rastreio do objeto. Pediu que a Sra. J. voltasse a entrar em contato na segunda-feira.

Na segunda-feira, dia 01.03.2010, a Sra. J.C.J.R. recebeu um e-mail da Ticketmaster do Brasil, em resposta a sua reclamação do dia 25.02.2010, neste e-mail eles lhe pediam para entrar em contato com o telefone (011) 2846.6200. Ela prontamente entrou em contato, mas quando percebeu que ficaria na linha com uma gravação desligou, uma vez que o custo de uma ligação para São Paulo inviabilizaria tal contato.

Na segunda-feira, dia 01.03.2010, a Sra. J.C.J.R. entrou em contato com a Tickets for Fun (40036464) e uma gravação lhe informou que naquele dia não haveria atendimento, que tentasse novamente no dia seguinte.

No dia 02.03.2010, a Sra. J.C.J.R. fez novo contato e, neste que durou quase 2h (30min. somente esperando pela atendente) e, quando a atendente iria lhe informar o numero de objeto do SEDEX, a ligação caiu.Em razão disto, resolveu entrar em contato via e-mail com a Ticketmaster do Brasil:
“Após ficar ao telefone, por 30 min. esperando o atendimento da atendente do Tickets for Fun, fiquei mais 1he15min. com ela, e nada foi resolvido, até o momento não sei onde meus 7 ingressos para o Show estão, se esta situação não for resolvida até o final do dia, estarei escrevendo criticas sobre o seu péssimo
atendimento para o meu blog, no site last.fm e também para Zero Hora e estarei entrando em contato com o PROCON e ainda entrarei com uma ação
indenizatória nas pequenas causas. Não sei se vcs sabem, vender um produto, que já está pago, prometer entrega por Sedex e esta entrega demorar mais de um mês, pode até mesmo caracterizar estelionato, ainda mais vindo de duas empresas que violam todas as regras de telemarketing, ao deixar o cliente sem atendimento por mais de 3 minutos.

Espero pronto retorno de vcs, Muito
Obrigada, J.C.J.R.”

Ainda, neste mesmo dia, tentou novo contato com a Tickets for Fun, desta vez a tarde e depois de 2h30min., a atendente lhe informou que a produtora havia tentado entregar os ingressos por meio de Motoboy nos dias 04,05 e 19 de fevereiro e que a entrega não pode ser efetuada, pois o “destinatário” constava como “desconhecido” .

Em função de  do e-mail recebido no dia05.03.2010, que lhe informava que a entrega se daria a partir do dia 20.02, o Sr. L.J.J., manteve uma pessoa de sua confiança em sua residência para esperar pela entrega dos ingressos até o dia 10.03.2010, obedecendo assim o informado no e-mail da Produtora.

Afirma o Sr. L.J.J. que nas datas mencionadas acima pela Produtora, ele estava em casa estava em casa e nenhum Motoboy apareceu.

Em face, de todos estes problemas, a Sra. J.C.J.R. tentou proceder à troca de endereço da entrega para um endereço onde há portaria 24h, a produtora não aceitou a sugestão. Ainda, solicitou a atendente que esta lhe informasse o numero de telefone do Motoboy, a Produtora proíbe a divulgação de tal informação. Por fim, a atendente concordou em pedir uma nova tentativa de entrega via Motoboy e solicitar que a empresa entrasse em contato com o Sr. L.J.J. antes de efetuar a entrega e que a entrega deveria ocorrer em 5 dias úteis, acabando tal prazo no dia 10.03.2010.

No dia 05 de março, a Sra. J.C.J.R. recebeu um e-mail da Ticketmaster do Brasil em resposta ao seu contato do dia 02.03.2010, como seguinte conteúdo:
“Prezado Cliente, Informamos que a Ticketmaster, visando melhorar seu atendimento devido às vendas para as apresentações de Cirque Du Soleil, aumentou seu efetivo em todos os canais de compra e de atendimento ao cliente, porem, como a procura para este evento esta sendo muito grande, acabou sendo gerado um tempo de espera para o atendimento maior do que o habitual, entretanto, todos os clientes que estão entrando em contato conosco estão sendo atendidos e, mediante a disponibilidade, conseguindo obter as informações solicitadas.Agradecemos seu contato.”

Em face, de tal resposta, a Sra. J.C.J.R., lhes respondeu:
“Hoje tentei por duas vezes, sem sucesso entrar em contato com vcs, sinceramente não tenho nada a ver com o evento Cirque du Soleil, quero saber dos meus ingressos para o show do GNR em Porto Alegre que até agora não foram entregues, aviso-os que na segunda-feira estarei entrando com uma denúncia contra vcs no Procon e também nas Pequenas Causas!!! Quem sabe assim, os ingressos finalmente aparecem!!!! J.C.J.R.”

Ainda, neste dia, tentou uma última vez entrar em contato com a Ticketmaster do Brasil, agora através do número 03007896846 (custo de uma ligação local). E, neste atendimento que durou 1h30min., descobriu que os ingressos foram postados via SEDEX no dia 04.03.2010. Entretanto, a atendente  que só poderia lhe fornecer o número do objeto na segunda-feira dia 08.03.2010.

No dia O8.03.2010, a Sr. J.C.J.R. se dirigiu ao Procon, lá chegou às 8h30min e só saiu às 11h, com a denúncia em mãos.

Neste dia, após sair do PROCON, foi a sede dos Correios e Telégrafos e falou com o Ouvidor a respeito do sistema de rastreamento, este lhe pediu que lhe enviasse por e-mail todos os dados da empresa, para tentar achar no sistema o Sedex. Ao sair do Prédio da Ouvidoria dos Correios sofreu um pequeno acidente, que lhe causou danos aos ligamentos do seu tornozelo do pé direto, este no momento encontra-se imobilizado (bela forma de assistir a um show).

Voltando a sua residência , tentou mais uma vez entrar em contato com a Tickets for Fun, após 21 min., de espera, a ligação caiu.

Ligou para o Sr. M.B.R. e pediu-lhe que entrasse em contato com a Tickets For Fun, durante o seu horário de almoço, este após 1h na primeira ligação (quando lhe forneceram o número de rastreamento errado) e mais 30 min. na seguinte, ligou-lhe de volta com o numero de rastreamento correto.[

De posse do número de rastreamento, a Sra. J.C.J.R. ligou para o ouvidor dos Correios e este lhe informou que os ingressos estariam em sua casa no dia 09.03.2010 e que se estes não chegassem que ela voltasse a lhe ligar.

No dia 09.03.2010, a Sra. J.C.J.R. ficou por mais de 1h30min ao telefone, com várias centrais de atendimento dos correios, nesta capital e, por fim, conseguiu descobrir que o seu Objeto de Sedex, havia sido extraviado e que segundo informações, este nem mesmo tinha saído de São Paulo ou que até havia de São Paulo e que estava perdido em Minas Gerais.

Depois de receber tais informações, teve que ser sedada.

No dia 10.03.2010, O Ouvidor dos Correios lhe Ligou informando que a Encomenda havia sido achada e que estava a caminho de sua casa por meio de entrega especial.

Após tal contato, a TicketMaster do Brasil lhe ligou, informando que fora postado um outro lote de ingressos em seu nome naquele mesmo dia, durante tal contato, o primeiro lote chegou.E, pasmem, o numero de rastreamento oferecido pela produtora não era verdadeiro, após ficar por mais 1h30min, ao telefone com a produtora, a situação foi finalmente resolvida.

Houve outros incidentes menores durante todo o processo tais como: informações erradas prestadas pela produtora regional, que chegou até mesmo a nos mandar buscar os ingressos no posto de venda no centro, um total de 30h ao telefone (quem vai pagar a conta só Deus sabe) e um sem número de e-mails trocados, 10 dias de problemas e perda de tempo e dinheiro (que ninguém vai pagar pelo meu prejuízo profissional)…

Certo mesmo é que durante todo este tumulto, descobri coisa interessantes: 1) Deveria ter ido atrás apenas do meu ingresso, pois fui até mesmo taxada de louca e obcecada, por alguns dos interessados; 2) As pessoas realmente não dão valor aos esforços despendidos na resolução deste problema; 3) As pessoas envolvidas pensam, que só porque trabalho em casa, tenho todo o tempo do mundo para ficar resolvendo problemas e que quando ligo pedindo ajuda, viro motivo de piada, por isto; 4) Não digo jamais, mas com certeza pensarei mil vezes antes de ir em outro evento produzido por estas produtoras, já que as mesmas deram provas suficientes de incompetência total, na realização, não só deste, mas de outros eventos, vide:

http://www.reclameaqui.com.br/reclamacoes/?tp=9403f4c8cd5af61c485541e9444950c069c79ffa&subtp=c92a9bc341d739044ff5400661d44a60a808be22&id=886068c3ed91aedd20fe451be98222b518f7b7b2

Antes de encerrar, gostaria de agradecer imensamente ao apoio e ajuda que obtive de algumas pessoas: Luis Bissigo (jornalista de ZH), Carol (Atendimento H4 Entretenimento), Mauro (Ouvidor Correios) e Marilea (Atendente do Procon)

Por fim, fico somente com uma dúvida, o que fazer com os 7 ingressos que não são meus? Aceito sugestões, heheheh, mas já adianto, eles serão enviados a seus donos, hehehe, mas não sob a forma convencional, ou será que eles são merecedores de assistir a tal espetáculo? Já que pelo visto e entendido por mim, a verdadeira e única fã sou Euzinha aqui!!!!

7 Comentários (+adicionar seu?)

  1. Bruno
    mar 11, 2010 @ 19:36:09

    Bah!!! Na boa, não consigo imaginar que alguem consiga fazer pouco so em se tratando de um show como este!!!Se fosse mais barato, com certeza tentaria ir!!!Bom show pra ti Jo, depois de tanto esforço você merece aproveitar ao máximo esse verdadeiro espetáculo!!!Beijos!!!

    Responder

  2. Leandro
    mar 22, 2010 @ 23:00:48

    Infelizmente esse show acabou sendo um desastre. Quatro horas de atraso e muito descaso por parte das empresas responsáveis pelo evento, a time 4 fun e a h4 entretenimento. A propósito, você tem o endereço dessa empresa gaucha, a H4? Gostaria de ir pessoalmente reclamar a incomodação que minha esposa e eu passamos nesse dia.Abraço.

    Responder

  3. Vinicius
    maio 26, 2010 @ 16:32:33

    alguem sabe o endereço pra acionar essa empresa no juizado de pequenas causas

    Responder

  4. Ned
    jul 25, 2012 @ 21:18:16

    you happen to be truly number one admin your blogging is astounding i always check out your webpage i’m sure you might be the perfect

    Responder

  5. Luciana
    out 11, 2012 @ 21:03:54

    always keep that good quality on your posts, and you will get even more visitors.

    Responder

  6. Anônimo
    jun 28, 2013 @ 17:50:01

    MUUUUITTTTOOOO RUUUUUIIIM

    Responder

  7. não quero revelar
    mar 26, 2015 @ 16:01:43

    Estou completamente indignada eu liguei na tickets for fun e fiquei esperando 40 minutos para ser atendida e depois liguei de outro celular e fiquei mais 30 minutos sem ser atendida realmente eh uma falta de respeito enorme isso…

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: