Passado, Presente e Futuro

Por Josélli Costa Jantsch Ribeiro

Passado:

A banda de rock irlandesa U2 se formou em 25 de Setembro de 1976, em Dublin, quando Larry Mullen Jr. (baterista e percussionista) então com 14 anos, fixou um anúncio nas paredes da escola Mount Temple Comprehensive High School, à procura de pessoas interesssadas em montar uma nova banda.

Não demorou muito para que Larry e mais 4 garotos batizassem o novo projeto musical de “The larry Mullen’s Band”. A Banda, na época, era constituída por Larry (Bateria), Adam Clayton (baixo), Paul Hewson “Bono” (vocal), David Evans “The Edge” (guitarra) e Dick Evans (guitarra).

A banda, que trocou algumas vezes de nome (Feedback, The Hype) até finalmente, nos idos de 1978, adotar o nome U2 (lockheed U2, este sugerido por Adam que vinha de uma família ligada à aviação), foi descoberta num concerto para novos talentos (ganhou o concurso) em Limerick (Irlanda) em 17 de Março de 1978.Um dos membros do júri, Jackie Haden, representante da “CBS Records”, naquele momento, por ter ficado realmente impressionando com a qualidade da banda, lhe deu a oportunidade de gravar uma demo.

Em Setembro de 1979, já reduzidos a 4 integrantes (Dick saiu em Março de 1978, com direito a concerto de despedida), a banda lançou seu primeiro single: U2 3, que rapidamente chegou ao topo das paradas irlandesas. Em dezembro deste mesmo ano fizeram sua primeira viagem “internacional”, à Inglaterra, onde fizeram apresentações em Londres, naquele momento, infelizmente, não conseguiram chamar a atenção que almejam, nem do público e nem da crítica.

Em Março de 1980, trocaram a CBS Records pela Island Records que, em Outubro daquele ano, editou seu primeiro álbum: Boy. Partiram em seguida para sua primeira turnê fora do Reino Unido. Um ano se passa e, em 1981, lançam seu segundo álbum: “October”, que trazia em si um forte caráter espiritual, derivado da crença cristã assumida por Bono, The Edge e Larry, que mais tarde se juntariam ao grupo religioso de Dublin “Shalom”, que os levou a questionar a relação entre a fé cristã e sua vida de roqueiros.

Em 1983, após resolverem todos as crises religiosas dentro do grupo, antes de lançarem seu novo álbum: “War”, lançaram mais um single, “Celebration”, que trazia em si indícios do rumo que a banda pretendia tomar. “War” era, sem sobra de dúvida, bem mais consistente que seu antecessor (October), trazia uma instrumentação mais diversificada, através do uso de violinos e de vozes femininas), suas composições eram mais sofisticadas, deixando de lado as dúvidas existenciais de Boy e October, para adotar uma posição mais crítica a respeito dos acontecimentos de sua época.

“Sunday Bloody Sunday”, primeiro single do álbum “New Year’s Day” , foi seu primeiro Hit Internacional, tendo chegado ao Top 10 no Reino Unido o as 50+ nos Estados Unidos. E, graças ao destaque dado a seu vídeo, pela MTV, a banda teve as portas do mercado fonográfico americano abertas para uma muito bem-sucedida turnê que, posteriormente, lhes rendeu o registro de “Under a Blood Red Sky”, gravado em um show em Red Rocks, um evento que “mudou a história do rock”, segundoo a Rolling Stone Magazine.

Já contando com novos produtores (Brian Eno e Daniel Lanois), a banda em 1984  produziu e lançou de “The Unforgettable Fire”, gravado no Slane Castle, Irlanda. Neste álbum, o U2 finalmente encontrou a singularidade de sua linha melódica; sendo que, a faixa “Pride (In the Name of Love), uma homenagem a Martin Luther King, chegou as ser a 5ª mais vendida do Reino Unido e ficou entre as Top 50 americanas.

Seis anos se passariam desde a sua formação, para que a banda conseguisse, devido ao número crescente de fãsm fosse denominada pela Rolling Stone Magazine “A Banda dos anos 80”, sendo considerada para muitos naquele momento a única banda importante no cenário do rock mundial.

Em 1987, “The Joshua Tree” foi lançado, tendo alcançado imediatamente a posição número 1 em vendas no Reino Unido e rapidamente a mesma posição nos Estados Unidos, seus 3 singles (“Where the Streets Have no Name”, “With or Without You” e “I Still Haven’t Found What I’m Looking For”), obtiveram o mesmo êxito. O sucesso nas vendas do álbum (26 milhões de cópias) levou o U2 a ser a 4ª banda, na história da música moderna, a ter direito a uma capa na Time Magazine. Eles ganharam vários Grammys, entre eles o de Melhor Álbum do Ano, conquistaram, assim, definitivamente, o mundo.

A turnê de “Joshua Tree” rendeu bons frutos que resultaram no lançamento de um álbum e de um documentário, em 1988, ambos denominados: “Hattle and Hum”, posteriormente transformado em vídeo em 1989. O álbum duplo, que se tornou um tributo à música americana, foi gravado nos estúdios da “Sun”, é composto de gravações ao vivo e em estúdio e, também, é claro, por músicas inéditas: “Desire”, “Angel of Harlem” (dedicada a Billie Holliday), “All I Want is You” e “When Love Comes to Town” (gravada em pacerciar com B.B.King).

Após um pequeno período de férias, que mais foi um feriado, a banda reuni-se novamente em Berlim em 1990 e, em Novembro1991, após algumas divergências quando ao caminho musical a ser seguido pela banda, foi lançado Achtung Baby que, apesar de ser um tanto quanto distorcido e dotado de um existencialismo evidente, foi extremamente bem recebido pelos fãs e também pela crítica; sendo, até hoje, considerado um dos melhores trabalhos da banda.

Em meados de 1992, deram início a “Zoo TV”, uma turnê que contou com um espetáculo totalmente multimidia e com a participação de Axl Rose em uma das apresentações. E, num de seus intervalos, gravaram Zooropa, lançado em 1993.

Dois anos depois, em 1995, participaram da trilha sonora de Batman Forever, com a música “Hold Me, Thrill Me, Kiss Me, Kill Me”. E, em 1996, os integrantes em duplas gravaram a nova versão do tema da série Mission: Impossible, tema principal do filme Missão impossível e compuseram a música de abertura de GoldenEye, gravada por Tina Turner.

Ainda em 1995, gravaram o álbum conceitual “Original Soundtracks 1”, um projeto paralelo dos integrantes do U2 com Brian Eno, dando origem a banda Passengers. O trabalho, embora pouco divulgado, conta com músicas e vozes sintetizadas por computador e com um grande sucesso: o dueto “Miss Sarajevo”, gravado com Luciano Pavarotti e incluído na Setlist da Popmart Tour em 1997-98.

Pop foi lançado em 1997 e chegou ao Topo das Paradas de 28 países, como críticas bastante variadas, devido a sua estratégia de marketing de divulgação, posto que, desde antes de seu lançamento, a megalomaníaca PopMart Tour já estava agendada. “Lemon” e “Discothèque” foram um total fiasco, para não se dizer uma total pagação de mico, nos Estados Unidos e o álbum como um todo não foi, de modo geral, compreendido por muitos de seus fãs e nem pela crítica. A turnê culminou no lançamendo do DVD “PopMart: Live from Mexico City” e marcou o fim da era tecnológica da banda, que havia começado com Achtung Baby, em 1991.

Em outubro de 1999 o álbum “All that You Can’t Leave Behind” foi lançado, tendo sido considerado por muitos a terceira obra-prima da banda, figurando ao lado de “The Joshua Tree” e “Achtung Baby”. Foi tão bem recebido pelo público que chegou ao topo das paradas em 31 países, tendo seu single “Beautiful Day” sido premiado com três Grammys e a música “Elevation” sido escolhida como tema do filme “Lara Croft: Tomb Raider”. O álbum, ao todo, ganhou 7 Grammys, entre eles o de Melhor Álbum de Rock.

A turnê “Elevation Tour” foi considerada a 2ª maior turnê de todos os tempos (arrecadação), só perdendo para “Voodoo Lounge”, dos Rolling Stones, em 1994. E, devido, ao estrondoso sucesso, após a turnê muitos de seus fãs decidiram que já era hora da banda ser considerada “A Maior Banda de Rock do Mundo”, conforme Bono havia predito um ano antes.

Em 2004, após ter sido colocada entre “Os 50 Maiores Artistas De Rock N’ Roll de Todos os Tempos”, pela Rolling Stone Magazine, a banda lançou “How to Dismantle an Atomic Bomb”, em Novembro. E, como não podia deixar de ser, foi um grande sucesso de público e críticas, vendeu em 2 meses 11 milhões de cópias e ganhou 8 Grammys, entre eles o de “O Álbum do Ano e Melhor Álbum de Rock”.  A “Vertigo Tour”, nome de um dos singles do álbum, com sua estrutura gigantesca, teve lotação esgotada por onde passou.

U218 Singles, foi lançado em 2006, teve duas de suas músicas gravadas em parceria com a banda Green Day: “The Saints are Coming” (Cover do The Skids) e “Window in the Skies”.  E, em 2007, a banda participou da gravação da música de John Lennon “Instant Karma” para o álbum Make Some Noise/Instant Karma (EUA), produzido para “The Amnesty International Campaign To Save Darfur”.

Presente:

Após o rompimento com a Island Records, o U2 lançou em Março de 2009  o álbum “No Line on the Horizon” e , ainda, assimou um contrato milionário (100 milhões de dólares) de merchadising, patrocínio e manutenção do site oficial da banda com a Live Nation, por 12 anos. O novo álbum conta com três singles: “Get on Your Boots”, “Magnificent” e I’ll Go Crazy If I Don’t Go Crazy Tonight”. Muito embora, Bono tenha consigo demonstrar todo seu poder vocal em “Magnificent”, canção tema do álbum, ele foi historicamente o menos vendido da banda, em mais de uma década.

“No Line on the Horizon” , nos dias atuais, foi o álbum que deu origem a Turnê “360º”, que traz um palco que se situa no centro dos estádios e permite aos espectadores uma visão de 360º tanto do palco quanto do telão. Conta ainda com uma bateria móvel e com pontes por onde circulam os músicos. Além da estrutura de aço de 50m de altura sobre o palco com pontes rotativas, o destaque principal da turnê é sistema cilíndrico de vídeo que interliga os painéis em LED.

Futuro:

A banda que, desde sua formação em 1976,  já vendeu 150 milhões de discos, pretende lançar outro álbum, agora com material gravado durante as sessões  de “No Line on The Horizon”, mais meditativo e de temática de peregrinação. Várias das faixas que compões este novo trabalho já foram apresentadas ao público na turnê atual: “Mercy”, “Every Breaking Wave” e “Boy Falls from the Sky”, esta última composta para a trilha sonora do musical: “Spider-Man: Turn Off the Dark”).

Paul McGuinness, empresário da banda, durante uma entrevista ao Irish Times revelou que o próximo trabalho  do U2, batizado provisoriamente de “Songs of Ascent”, deverá ter iniciada sua comercialização  no início de 2011.

U2 no Brasil:

Em janeiro de 2008, a PopMart Tour aterrissou no Brasil, para três apresentações: uma no Rio de Janeiro e outras duas em São Paulo, contando com um público estimado total de 250 mil pessoas.

Em 2001, a banda esteve no Projac, onde realizou um show fechado, com a intenção de divulgar o álbum ” All That you Can’t leave Behind”.

Já, em sua última aparição na terrinha, pela “Vertigo Tour”, a banda fez duas apresentações, ambas marcadas pela desorganização dos promotores e assistidas por um público total estimado em 140 mil pessoas. Bono, além dos shows, visitou Lula, doou um guitarra ao Fome Zero e participou do Carnaval de Salvador, tendo sido recebido no camarote do Expresso 2222, de Gilberto Gil, Ex-Ministro da Cultura.

Antes porém, de chegar à América Latina, com sua nova turnê, batizada de “U2 360º Tour”, a banda já terá tocado, para um público estimado de 4,5 milhões de pessoas, composto em sua maioria por australianos, neozelandeses e africanos, países estes que respectivamente receberão a banda, antes de nós, brasileiros.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: